Lauro de Freitas, 02 de julho de 2015